quarta-feira, 20 de agosto de 2014

ELEIÇÕES 2014.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte – TRE-RN, desembargador Amílcar Maia, encaminhou ao TSE pedidos feitos por 17 Juízos Eleitorais, representando 36 municípios, solicitando a atuação de Forças Federais nas Eleições 2014.
Esclarece o presidente do Tribunal que a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, em resposta a consulta que foi apresentada quando à possibilidade de que a lei, a ordem e a segurança das Eleições 2014 fossem garantidas exclusivamente por meio da Polícia Militar, assegurou o emprego daquela Corporação nesta incumbência, “não obstante possa a segurança do pleito ser reforçada nas zonas eleitorais solicitantes com o habitual envio da Força Federal”, afirmou.
Os municípios que solicitaram tropas federais até agora são: Macaíba, Ielmo Marinho, Goianinha, Tibau do Sul, Espírito Santo, São José de Campestre, Monte das Gameleiras, Serra de São Bento, Caicó, Carnaubais, Ipanguaçu, Mossoró, Serra do Mel, Baraúna, Apodi, Felipe Guerra, Itaú, Severiano Melo, Rodolfo Fernandes, Caraúbas, Umarizal, Olho D´Agua dos Borges, Luiz Gomes, José da Penha, Major Sales, Paraná, Monte Alegre, Lagoa Salgada, São Fernando, Timbaúba dos Batistas, Pendências, Alto do Rodrigues, Pedro Avelino, Cruzeta, São José do Seridó e Coronel Ezequiel.
Com informações do TRE-RN


IMG_7647.PNG

segunda-feira, 18 de agosto de 2014


Foto

Postado por MC
Na noite desse sábado, 16, o candidato ao Governo do RN, Henrique Alves, encerrou sua peregrinação na região do Alto Oeste potiguar no município de Água Nova; depois de passar por várias cidades na sua ‘Caravana da Mudança'.
Na ‘Terra de Nossa Senhora de Fátima’, após ouvir palavras de apoio à sua postulação ao Governo do RN por parte do PDMB local e, ainda, ao cargo para senado com Wilma de Faria, Henrique presenciou a negativa de solidariedade à campanha de Gustavo Fernandes.
Com sua rouca, o ‘filho de Aluízio Alves,’ que lidera todas as intenções de votos ao cargo máximo do RN na chapa majoritária, mesmo conclamando apoio a ‘Gugu de Elias’, não convenceu o líder político, Iromar Carvalho, nem a prefeita, Rafaela Carvalho, que decidiram manter a decisão de sufragar o nome do ex-prefeito de São Miguel, Galeno Torquato, como candidato a deputado estadual.

Segundo Iromar, “Galeno é quem reúne mais condições para trazer os benefícios que Água Nova precisa para resolver suas demandas” – diferentemente de Gustavo, cujas palavras não passam de um risco na água.


sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Honda traz novidades nas motos Pop 100 e Biz 125/2015

As motocicletas Pop 100 e Biz 125 versão 2015 chegam ao mercado com mudanças visuais que trazem mais personalização e estilo aos principais produtos Honda na categoria Family. Os modelos já estão disponíveis ao público em toda a rede de concessionárias a partir deste mês.
DivulgaçãoA Honda Biz 125 modelo 2015 está muito interessante, inclusive com a nova cor branco foscoA Honda Biz 125 modelo 2015 está muito interessante, inclusive com a nova cor branco fosco

Pop 100
Características como facilidade de pilotagem, robustez e simplicidade de manutenção demonstram o grande sucesso da Pop 100, uma das seis motocicletas mais emplacadas no país. Concebida para propiciar ao consumidor uma pilotagem mais prática e confortável, é a opção mais adequada para os mais diferentes tipos de utilização, sobretudo para quem necessita de um meio de locação rápido e econômico.

A Pop 100 2015 ganhou novos grafismos e será comercializada na nova cor branca, além das atuais preta e vermelha. O preço público é de R$ 4.400, tem como base o Estado de São Paulo e não inclui despesas com frete e seguro. A garantia é de um ano, sem limite de quilometragem.

Biz 125: prática e sofisticada
Prática, funcional e apropriada a todas as idades e estilos, a Biz 125 representa a alternativa ideal para o uso diário, principalmente em grandes centros urbanos.

Líder absoluta de vendas da categoria Family, o modelo desperta a atenção pelo moderno design, aliado a uma pilotagem confortável e a conveniência do porta-objetos para o transporte de volumes, além do porta-capacetes, o mais espaçoso do segmento.

O modelo 2015 conta agora com novas cores. Na versão ES, as novidades são os tons preto fosco e prata, enquanto a versão EX traz como opções o vermelho, preto fosco e o branco fosco  uma inovação no segmento, que reforça ainda mais a sofisticação do modelo –, além do tradicional preto fosco já disponível no mercado. O preço público é de R$ R$ 6.700 (ES) e R$ R$ 7.550 (EX), têm como base o Estado de São Paulo e não incluem despesas com frete e seguro. A garantia para ambas é de um ano, sem limite de quilometragem.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

O Uol destaca o que algumas personalidades do mundo político disseram sobre a morte. Confira!
Aécio Neves (PSDB-MG), candidato à Presidência pelo PSDB: ”É com imensa tristeza que recebi a notícia do acidente que vitimou o ex-governador e meu amigo Eduardo Campos. O Brasil perde um dos seus mais talentosos políticos, que sempre lutou com idealismo por aquilo em que acreditava. A perda é irreparável e incompreensível. Nesse momento, minha família e eu nos unimos em oração à família de Eduardo, seus amigos e a milhões de brasileiros que, com certeza, partilham a mesma perplexidade e pesar.”
Michel Temer, vice-presidente da República: “Não há palavras para descrever a tragédia que hoje se abateu sobre a política brasileira. Eduardo Campos era um político de princípios e valores herdados de sua família e levados com dignidade e honra por toda sua trajetória no Parlamento e no Executivo. Assim como todo o país, estou chocado com esse acidente e com as perdas para amigos e familiares. Que Deus dê conforto a seus filhos, a sua mãe, familiares e a tantos admiradores que deixou órfãos neste triste dia”
Rui Falcão, presidente nacional do PT: “O Partido dos Trabalhadores está de luto. Lamentamos profundamente a trágica morte do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, e dos outros ocupantes do avião que se acidentou hoje em Santos.  Campos, presidente do Partido Socialista Brasileiro, dedicou sua vida à política e à luta pelos menos favorecidos, em particular, pela população carente do nordeste. Campos deixa um grande vazio na política brasileira. Seu partido, o PSB, sempre foi um aliado do PT e, juntos, construímos um país melhor e socialmente mais justo. Eduardo Campos teve papel importantíssimo nas gestões do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tendo sido ministro da Ciência e Tecnologia. Mesmo quando decidiu seguir um caminho diferente ao do PT, mantivemos com Eduardo Campos uma relação de profundo respeito e admiração. A trágica morte de Eduardo Campos deixa o Brasil triste. Nesse momento de profunda dor, estendemos nossas condolências à família desse grande brasileiro, seus amigos e seus correligionários.”
Partido dos Trabalhadores: “O conjunto do Partido dos Trabalhadores manifesta imenso pesar pelo falecimento do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, candidato à Presidência da República pelo PSB, em acidente aéreo ocorrido na manhã desta quarta-feira, 13 de agosto. Em função deste trágico fato, a direção nacional do Partido dos Trabalhadores decidiu cancelar todas as atividades públicas referentes à campanha eleitoral 2014 nas esferas nacional, estadual e municipal, em manifestação de luto com duração de três dias. O PT se solidariza com os familiares, amigos e correligionários de Eduardo Campos neste momento de dor diante de tão grande perda.”
Luciana Genro (PSOL-RS): A candidata, que concorre à Presidência pelo PSOL, disse que a eleição “se transformou em luto”. “Confirmação da morte de Eduardo Campos é uma tragédia terrível! Minha solidariedade à famíia e amigos. Esta eleição se transformou em luto!”, afirmou a candidata no Twitter.
Alexandre Padilha (PT-SP): “Suspendi toda a agenda ao saber da tragédia com o ex-governador Eduardo Campos. Estávamos em campos opostos, mas sempre fomos amigos desde o governo Lula”, afirmou Alexandre Padilha, candidato do PT ao governo do Estado de São Paulo, no Twitter. “Solidariedade à Renata [mulher de Campos], ao pequeno Miguel, a todos os filhos e a toda família. Acabo de ter a confirmação de que estavam em Recife”, acrescentou.
Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP): “Profundamente chocado com a morte do Eduardo Campos”, resumiu o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), mesmo sentimento exposto pela deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP), companheira do partido do ex-governador de Pernambuco, em entrevista à Agência Estado.
Paulo Skaf (PMDB-SP): “O Brasil perdeu hoje um grande estadista, um homem público da maior qualidade, que exerceu a política com competência, honestidade e dedicação. Eu perdi um amigo, com quem tive a honra de conviver. Eduardo Campos foi um dos incentivadores de meu ingresso na política. Há cinco anos, iniciei minha trajetória política em seu partido, o PSB. Quero me solidarizar com sua família e seus amigos. Quero me solidarizar também com o povo de Pernambuco pela perda de seu grande líder.”
Cesar Maia (DEM-RJ): “Que notícia trágica. 49 anos. Cinco filhos. Um homem de bem. Conheci em minha casa quando prefeito [do Rio de Janeiro]“, afirmou Cesar Maia, candidato ao Senado do Rio de Janeiro pelo DEM.
Marcelo Crivella (PRB-RJ): “Hoje há no Brasil, em cada lar uma prece, em cada coração um voto de pesar e de saudades pela perda do nosso irmão Eduardo Campos.”
Lindberg Farias (PT-RJ): “Em choque pela perda desse grande brasileiro, desse homem íntegro. Em função da tragédia, a agenda de hoje está cancelada.”
Marcelo Freixo (PSOL-RJ): ”A vida é tão rara”! Terrível a noticia da queda do avião com Eduardo Campos e comitiva. Toda solidariedade aos familiares e amigos.”
Paulo Maluf (PP-SP): “Meu amigo, neto de meu amigo e um jovem de valor que deixa um vazio enorme. Eduardo Campos, que você nos dê força para encarar esta tragédia”, escreveu o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) no Twitter.
Rubens Bueno (PPS-PR): O líder do PPS na Câmara disse que o partido fica “órfão” com a morte de Campos. Seu partido faz parte da coligação nacional do PSB. “É trágico, é triste. É até difícil dizer. É uma notícia que nos atinge profundamente. Falo por toda bancada do PPS. Eu perco um grande amigo e o país perde um grande líder”.
José Carlos Araújo (PSD-BA): o deputado afirmou que a democracia perde com a morte do ex-governador. “Sem dúvida nenhuma é uma grande perda para Pernambuco e para o país, é uma notícia muito triste.”
Romário (PSB-RJ): “O Brasil acaba de perder um de seus melhores quadros políticos, o candidato a presidente pelo PSB Eduardo Campos. Tive a felicidade de conviver muito com ele nos últimos meses, desde meu retorno ao partido. Foi um privilégio aprender com um homem íntegro e extremamente republicano, que amava seu país, seu povo, acreditava e fazia uma política honesta. Sob o seu comando, o Brasil com certeza teria um futuro bem melhor. É difícil visualizar um quadro mais capacitado que ele para comandar o país neste momento. Uma lástima. Campos foi governador de Pernambuco por dois mandatos, com altíssimo índice de aprovação pelos cidadãos pernambucanos. Para eles, seus amigos e sua família eu expresso, neste momento, minha profunda tristeza. Força Renata, sua amada esposa, e Maria Eduarda, João, Pedro, José e Miguel, seus queridos filhos. Luto!”
- See more at: http://glaucialima.com/#sthash.ka0vDFuO.dpuf

LUTO

IMG-20140813-WA0079